16 abr

Brasil precisa reduzir alojamento de frangos em 5%

Segundo o presidente da Aurora Alimentos, atualmente o país conta com 527 milhões de aves alojadas

Brasil precisa reduzir alojamento de frangos em 5%

A indústria avícola brasileira está trabalhando para reduzir o alojamento de aves no país em 5%, passando dos atuais 527 milhões de frangos, para 500 milhões. A informação foi divulgada no último dia 11/4 pelo presidente da Cooperativa Central Aurora Alimentos, Mario Lanznaster.

O empresário falou sobre tendências do mercado mundial de grãos e as perspectivas brasileiras, durante o XIX Simpósio Brasil Sul de Avicultura (SBSA). Segundo ele, a redução do número de aves alojadas no Brasil atende à necessidade de ajuste na produção após o cancelamento das exportações da carne brasileira à União Europeia.

Lanznaster informou que a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) realizou uma reunião com indústrias avícolas associadas à entidade no último dia 9/4. Na ocasião, foram apresentados dados relativos ao número de aves alojadas e a situação do mercado.

“Houve algumas reduções em exportações para algumas regiões, o preço do frango está lá em baixo e se a indústria não tomar providências vai quebrar”, disse Lanznaster à aviNews Brasil. “Hoje, o consumidor brasileiro compra 1 kg de coxa e sobrecoxa de frango a um preço mais barato que um litro de água”, completou.

HENDRIX br incubaforum

O empresário explicou que antes mesmo de a ABPA alertar as indústrias sobre a situação do mercado, a Aurora Alimentos já havia anunciado que os trabalhadores da unidade de Aberlardo Luz (SC) entrariam em férias de 30 dias a partir de 1º de junho. Na mesma linha vem atuando a BRF, diretamente afetada pela suspensão do envio de carne de frango para a União Europeia desde 16/3.

Lanzaster declarou ao aviNews Brasil que se o mercado não melhorar, a medida de férias coletivas deverá ser aplicada a outras unidades da Aurora Alimentos. “Não há necessidade de demitir ninguém, mas temos que cuidar muito bem, enxugar gastos para não ter que demitir”, explicou.

Vetanco BR
Hansen
Siavs Br-br
cobb br

Grãos

Sobre a situação do mercado interno brasileiro de milho e soja, que são os principais insumos utilizados na produção de ração, Lanznaster explicou que o produtor avícola integrado não deverá ter grandes preocupações. “Os produtores vinculados às agroindústrias, não precisam se preocupar porque a integradora vai aguentar”, afirmou.

O alerta do empresário é dirigido aos produtores independentes. “Esses terão que se preocupar em ter disponibilidade de recursos para comprar o milho em época oportuna, evitando as épocas em que o milho fica muito caro”, destacou.

Lanznaster também comentou sobre a Rota do Milho, que vem sendo discutida como alternativa para abastecimento do estado de Santa Catarina com o grão vindo do Paraguai e Argentina. Segundo ele, ainda faltam algumas iniciativas na área de infraestrutura e ajustes comerciais com a Argentina.

“Temos que reduzir o trajeto para trazer o milho mais barato para Santa Catarina e a nossa expectativa é de que essas questões possam já estar resolvidas na próxima safra”, concluiu Lanznaster.

cargill
Boehringer Brasil
abvista BR
Ceva
Relacionado com aviNews Brasil
Evonik 0722

REVISTA AVINEWS BRASIL

Assine agora a melhor revista técnica sobre avicultura

EDIÇÃO aviNews Brasil 3T 2022
Destinação correta das aves de descarte de reprodução, matrizes e de postura de ovos comerciais no final do ciclo

Destinação correta das aves de descarte de reprodução, matrizes e de postura de ovos comerciais no final do ciclo

Gustavo Triques
Importância da monitoria dos programas vacinais de Gumboro e Newcastle: Qual melhor momento da rotação de programa?

Importância da monitoria dos programas vacinais de Gumboro e Newcastle: Qual melhor momento da rotação de programa?

Tobias Filho
ICC: a inovação que alimenta o amanhã

ICC: a inovação que alimenta o amanhã

A importância dos dados Zootécnicos para as granjas produtoras de ovos

A importância dos dados Zootécnicos para as granjas produtoras de ovos

Diogo T. Ito
Vigilance Program uma poderosa ferramenta contra a Escherichia coli patogênica aviária

Vigilance Program uma poderosa ferramenta contra a Escherichia coli patogênica aviária

Fabrizio Matté
Alternativas de cereais para substituição parcial do milho na ração de aves – Parte II

Alternativas de cereais para substituição parcial do milho na ração de aves – Parte II

Dr. Elir Oliveira
Protocolo vacinal no incubatório e uniformidade do lote ampliam a produtividade avícola

Protocolo vacinal no incubatório e uniformidade do lote ampliam a produtividade avícola

Joyci Torres
EVANOVO®, a vacina que vai revolucionar a prevenção da Coccidiose aviária

EVANOVO®, a vacina que vai revolucionar a prevenção da Coccidiose aviária

Você está pronto para a Transformação Digital na avicultura?

Você está pronto para a Transformação Digital na avicultura?

Vinicius Teixeira
Extensão Rural: a força que vem do campo!

Extensão Rural: a força que vem do campo!

Kali Simioni
6ª FAVESU destaca os desafios e as oportunidades da Avicultura Nacional

6ª FAVESU destaca os desafios e as oportunidades da Avicultura Nacional

Juliano Rangel
A promoção que apoia as exportações

A promoção que apoia as exportações

Isis Sardella
O compromisso setorial e o papel de cada elo no Brasil

O compromisso setorial e o papel de cada elo no Brasil

Luis Rua
A jornada da sustentabilidade nas propriedades avícolas

A jornada da sustentabilidade nas propriedades avícolas

Luciana Abeid Ribeiro Dalmagro
Produção com responsabilidade

Produção com responsabilidade

Cleber Souza Martins
Biosseguridade na avicultura

Biosseguridade na avicultura

Tabatha Lacerda
Diferença na Fisiologia Embrionária entre as linhagens de Matrizes pesadas

Diferença na Fisiologia Embrionária entre as linhagens de Matrizes pesadas

Guilherme Seelent
Por que medir a taxa de fluxo (vazão) do bebedouro Nipple?

Por que medir a taxa de fluxo (vazão) do bebedouro Nipple?

Como atender à crescente demanda por proteínas livres de antibióticos?

Como atender à crescente demanda por proteínas livres de antibióticos?

Patrícia Marchizeli
Aerossaculite em frangos de corte: onde se iniciam e quais são os fatores envolvidos?

Aerossaculite em frangos de corte: onde se iniciam e quais são os fatores envolvidos?

Jorge Chacón

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE AVÍCOLA

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Os podcasts do setor agrícola em português
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agrícolaagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor agrícola e da pecuária