23 jan 2023

BRF de Chapecó conquista Certificação de bem-estar animal para abate de perus

A unidade de Chapecó (SC) da BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, acaba de conquistar uma importante certificação internacional de bem-estar animal para o abate de perus.

BRF de Chapecó conquista Certificação de bem-estar animal para abate de perus

A unidade de Chapecó (SC) da BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, acaba de conquistar uma importante certificação internacional de bem-estar animal para o abate de perus. A auditoria é realizada por profissionais certificados pela PAACO (Professional Animal Auditor Certification), concedido pela QIMA/WQS e de acordo com os requisitos da National Turkey Federation, que compreende uma série de normas de padrões de transporte e abate humanitário de animais.

Entre as exigências para obter o selo, as empresas devem dispor de instalações e equipamentos que promovam conforto aos animais, treinamentos de colaboradores sobre bem-estar animal, além da produção de relatórios e o acompanhamento de indicadores, entre outras.

“Esta é uma importante conquista para a BRF. A certificação atesta que nossos processos atendem os mais rígidos padrões de qualidade e garante que estejamos conformidade com as melhores práticas internacionais de bem-estar animal e legislações brasileiras de abate humanitário, agregando valor aos nossos produtos,” conta Josiane Busata, gerente de Bem-Estar Animal da BRF.

A PAACO é uma organização de treinamentos e formação de auditores, acreditada pela Fundação American Meat Institute (AMI), e segue a recomendação de guia desenvolvido pela Dra. Temple Grandin (Ph.D em Zoologia e ganhadora do prêmio CSHL Double Helix Medal Honoree) para abate e transporte de animais de produção seguindo os princípios humanitários.

Produção em Chapecó

Com 5,5 mil colaboradores e 742 produtores integrados, a unidade da BRF de Chapecó é a primeira a contar com a certificação de bem-estar animal para abate de perus. Esta é única produtora catarinense deste tipo de animal. Produz, ainda, frangos, empanados, presunto e peito de peru fatiado, blanquet e peito de peru defumado e mortadela Halal. Esta última é destinada aos mercados árabes e à África do Sul. A planta também exporta para mais de 50 países, entre eles, Argentina, Chile, Uruguai, território de Hong Kong, no sudeste da China, e México, que teve sua habilitação concedida no final de 2022.

Compromissos públicos

Continue após a publicidade.

A certificação de terceira parte é um dos 11 compromissos públicos da BRF em relação ao tema bem-estar animal, garantindo transparência e indo ao encontro das perspectivas dos consumidores. A BRF também possui tolerância zero em relação ao maus tratos dos animais. Para mais detalhes, acesse o nosso documento de Compromissos de Bem-Estar Animal.

Sobre a BRF 

Uma das maiores empresas de alimentos do mundo, a BRF está presente em mais de 127 países. Seu propósito é oferecer alimentos de qualidade cada vez mais saborosos e práticos, para pessoas e seus pets em todo o mundo, por meio da gestão sustentável de uma cadeia viva, longa e complexa, que proporciona vida melhor a todos, do campo à mesa. Dona de marcas icônicas como Sadia, Perdigão e Qualy, a Companhia pauta suas ações nos compromissos fundamentais de segurança, qualidade e integridade. A empresa baseia sua estratégia em uma visão de longo prazo e visa gerar valor para seus mais de 100 mil colaboradores no mundo, mais de 300 mil clientes e aproximadamente 10 mil integrados no Brasil, todos os seus acionistas e para a sociedade.

BRF logo

Acesse o site!

Fonte: Assessoria de Imprensa

Relacionado com Granjas & Manejo

REVISTA AVINEWS BRASIL

Assine agora a melhor revista técnica sobre avicultura

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE AVÍCOLA

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Os podcasts do setor agrícola em português
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agrícolaagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor agrícola e da pecuária