11 ago 2020

Há os que odeiam o frio e/ou calor… mas o que isso tem a ver com a avicultura?

No início do inverno ou do verão, a frase mais recorrente em nossas conversas são as consagradas reclamações do tipo […]

Há os que odeiam o frio e/ou calor… mas o que isso tem a ver com a avicultura?

No início do inverno ou do verão, a frase mais recorrente em nossas conversas são as consagradas reclamações do tipo “eu odeio frio” ou “eu odeio o calor”.

Essas percepções estão intimamente ligadas não só aos nossos gostos pessoais, mas ao período de adaptação que nosso corpo passa nas mudanças de clima, que, ao nos tirarem da “normalidade”, da inércia, causam estresse à nossa fisiologia. A mesma realidade se passa dentro dos galpões de criação de aves: sejam frangos de cortes, matrizes, perus, poedeiras.

Kemin estresse frio claro cromo

Toda mudança, ou seja, saída da zona de conforto atual, é causadora de estresse.

A entrada do inverno (ou do verão) é um período bastante complexo, não só pelas alterações de temperatura e de índice pluviométrico, mas também pela alteração das dinâmicas de aumento ou redução de luminosidade solar. Agregadas a estas mudanças vêm os dias de perda de performance, que resultam em aumento dos custos produtivos com redução do retorno do investimento.

Evonik 0722 Vetanco BR

Neste período, é essencial que estejamos munidos de ferramentas que nos auxiliem no controle do estresse. O controle do estresse começa com adequações de manejo e ambiência, porém, o que fazemos hoje para controlar o estresse dentro da nutrição das aves?

Cada vez mais a avicultura evolui com novas ferramentas e conceitos para trabalhar os diferentes desafios produtivos, e uma delas é o propionato de cromo. Quando um animal encontra um estressor, o sistema neurogênico é ativado. Tentativas fracassadas de combater, ou fugir do fator estressor, podem desencadear a ativação do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal, que inicia efeitos em cascata, acarretando a liberação de cortisol e posteriores alterações comportamentais, metabólicas, imunológicas e intestinais.

 

Continua después de la publicidad.
cobb br
Ceva
Boehringer Brasil
HENDRIX br

Estudos da literatura mostraram que os corticosteroides podem ter um impacto negativo na performance das aves e que o propionato de cromo é capaz de reduzir os níveis de corticosteroides em aves, aliviando as perdas causadas pelo estresse desde sua origem.

O propionato de cromo é uma fonte segura e de alta biodisponibilidade de cromo para uso nas dietas de aves, sendo o cromo um mineral essencial que age na redução dos efeitos do estresse, melhorando a performance global, em especial, a eficiência alimentar e o rendimento no frigorífico, além de controlar a mortalidade dos lotes.

Para assegurar a manutenção dos resultados zootécnicos nos períodos estressantes da produção, como a atual mudança de estação, é essencial que façamos todas as adaptações de manejo, ambiência e nutricionais necessárias. Ferramentas que auxiliem no controle do estresse, desde sua origem no sistema neurogênico, nos permitem passar por estes períodos desafiadores com resultados ótimos, reduzindo as perdas de performance, obtendo um melhor retorno do investimento.

Relacionado com Nutrição Animal
cargill
abvista BR
Hansen

REVISTA AVINEWS BRASIL

Assine agora a melhor revista técnica sobre avicultura

EDIÇÃO aviNews Brasil 3T 2022
Destinação correta das aves de descarte de reprodução, matrizes e de postura de ovos comerciais no final do ciclo

Destinação correta das aves de descarte de reprodução, matrizes e de postura de ovos comerciais no final do ciclo

Gustavo Triques
Importância da monitoria dos programas vacinais de Gumboro e Newcastle: Qual melhor momento da rotação de programa?

Importância da monitoria dos programas vacinais de Gumboro e Newcastle: Qual melhor momento da rotação de programa?

Tobias Filho
ICC: a inovação que alimenta o amanhã

ICC: a inovação que alimenta o amanhã

A importância dos dados Zootécnicos para as granjas produtoras de ovos

A importância dos dados Zootécnicos para as granjas produtoras de ovos

Diogo T. Ito
Vigilance Program uma poderosa ferramenta contra a Escherichia coli patogênica aviária

Vigilance Program uma poderosa ferramenta contra a Escherichia coli patogênica aviária

Fabrizio Matté
Alternativas de cereais para substituição parcial do milho na ração de aves – Parte II

Alternativas de cereais para substituição parcial do milho na ração de aves – Parte II

Dr. Elir Oliveira
Protocolo vacinal no incubatório e uniformidade do lote ampliam a produtividade avícola

Protocolo vacinal no incubatório e uniformidade do lote ampliam a produtividade avícola

Joyci Torres
EVANOVO®, a vacina que vai revolucionar a prevenção da Coccidiose aviária

EVANOVO®, a vacina que vai revolucionar a prevenção da Coccidiose aviária

Você está pronto para a Transformação Digital na avicultura?

Você está pronto para a Transformação Digital na avicultura?

Vinicius Teixeira
Extensão Rural: a força que vem do campo!

Extensão Rural: a força que vem do campo!

Kali Simioni
6ª FAVESU destaca os desafios e as oportunidades da Avicultura Nacional

6ª FAVESU destaca os desafios e as oportunidades da Avicultura Nacional

Juliano Rangel
A promoção que apoia as exportações

A promoção que apoia as exportações

Isis Sardella
O compromisso setorial e o papel de cada elo no Brasil

O compromisso setorial e o papel de cada elo no Brasil

Luis Rua
A jornada da sustentabilidade nas propriedades avícolas

A jornada da sustentabilidade nas propriedades avícolas

Luciana Abeid Ribeiro Dalmagro
Produção com responsabilidade

Produção com responsabilidade

Cleber Souza Martins
Biosseguridade na avicultura

Biosseguridade na avicultura

Tabatha Lacerda
Diferença na Fisiologia Embrionária entre as linhagens de Matrizes pesadas

Diferença na Fisiologia Embrionária entre as linhagens de Matrizes pesadas

Guilherme Seelent
Por que medir a taxa de fluxo (vazão) do bebedouro Nipple?

Por que medir a taxa de fluxo (vazão) do bebedouro Nipple?

Como atender à crescente demanda por proteínas livres de antibióticos?

Como atender à crescente demanda por proteínas livres de antibióticos?

Patrícia Marchizeli
Aerossaculite em frangos de corte: onde se iniciam e quais são os fatores envolvidos?

Aerossaculite em frangos de corte: onde se iniciam e quais são os fatores envolvidos?

Jorge Chacón

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE AVÍCOLA

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Os podcasts do setor agrícola em português
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agrícolaagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor agrícola e da pecuária