30 out 2020

Melhoramento genético das aves foca eficiência e sanidade do plantel

Por muitos anos a genética avícola pautou seus esforços na eficiência produtiva dos animais. Quanto mais a ave crescer, com […]

Melhoramento genético das aves foca eficiência e sanidade do plantel

Por muitos anos a genética avícola pautou seus esforços na eficiência produtiva dos animais. Quanto mais a ave crescer, com menos quantidade de ração e água, melhor. Nos últimos anos, os geneticistas das maiores casas genéticas do mundo, no entanto, começaram a debruçar seus esforços na saúde dos animais, que passaram a ser mais tolerantes e reagir melhor quando confrontadas com determinadas enfermidades. O resultado: a sanidade dos planteis melhorou acentuadamente.

 

 

Rodrigo Terra

 

O diretor associado de Produto América do Sul da Cobb-Vantress, Rodrigo Terra, explica que o melhoramento genético busca maior eficiência no pacote como um todo, da conversão alimentar à saúde das aves. “Tudo em que trabalhamos o foco final é a rentabilidade do produtor. Para isso, investimos esforços para melhorar o bem-estar animal e a saúde das aves. São características que estão agregadas ao melhoramento genético ao longo dos anos, incluindo saúde corporal, saúde respiratória, entre outras frentes”, argumenta Terra.

 

De acordo com ele, a competitividade da empresa está na antecipação de demandas de mercado, como o próprio melhoramento da saúde das aves. “Precisamos saber sobre o que se quer no futuro, pois o melhoramento genético não é uma ação instantânea, demora anos até chegar ao destino do consumidor”, destaca.

Continua después de la publicidad.
Boehringer Brasil
cargill
Evonik 0722
Hansen

Saúde para produzir mais
O profissional explica que, com saúde plena, as aves conseguem expressar todo o potencial genético e transformar menos ração em mais carne. “Para chegar a isso, precisa ter uma boa sanidade”, justifica. “A variabilidade genética vai sempre caminhar para termos um produto melhor. Estamos realmente preocupados com o resultado do cliente”, reforça.

 

O frango do futuro
Aliando saúde e desempenho, na opinião de Terra, o “frango do futuro” será ainda mais eficiente. “Não acredito que vai ser muito diferente do frango de hoje, mas será mais eficiente, com ainda mais qualidade. O frango é uma das fontes de proteína mais sustentáveis por consumir menos alimento e menos água. Acreditamos no aumento do consumo de carne de frango. Vejo nosso mercado já maduro em consumo, com aceitação mundial, o que nos permite uma expansão muito interessante”, argumenta.

 

Mais avanços
Os avanços da indústria e as crescentes exigências do consumidor moderno têm levado a empresa a ampliar a quantidade de características para medir e selecionar as aves. Como exemplo, características relacionadas ao bem-estar e à produção livre de antibióticos têm se tornado o foco da indústria nos últimos anos.

 

O progresso genético é a base da sustentabilidade e a gestão dos recursos do mundo é sustentada através da melhoria da conversão alimentar, do melhor bem-estar das aves, das melhorias no rendimento da carne e através de um frango de corte mais forte e resistente. “Todas estas características aliadas à excelência no atendimento fazem parte do nosso DNA”, cita Terra.

Sobre a Cobb-Vantress

Cobb-Vantress é a empresa produtora de aves de corte de pedigree mais longeva do planeta. Com sede nos Estados Unidos, fornece genética de ponta, saudável, de qualidade e acessível para todo o mundo, com presença em mais de 120 países. A Cobb-Vantress é uma empresa global, que utiliza pesquisas e tecnologias inovadoras para alcançar o que há de melhor na indústria avícola global.

Fonte:  Agro Notícia

 

Relacionado com Reprodução e Genética

MAIS CONTEÚDOS DE

Dados da empresa
abvista BR
HENDRIX br
Ceva

REVISTA AVINEWS BRASIL

Assine agora a melhor revista técnica sobre avicultura

EDIÇÃO aviNews Brasil 3T 2022
Destinação correta das aves de descarte de reprodução, matrizes e de postura de ovos comerciais no final do ciclo

Destinação correta das aves de descarte de reprodução, matrizes e de postura de ovos comerciais no final do ciclo

Gustavo Triques
Importância da monitoria dos programas vacinais de Gumboro e Newcastle: Qual melhor momento da rotação de programa?

Importância da monitoria dos programas vacinais de Gumboro e Newcastle: Qual melhor momento da rotação de programa?

Tobias Filho
ICC: a inovação que alimenta o amanhã

ICC: a inovação que alimenta o amanhã

A importância dos dados Zootécnicos para as granjas produtoras de ovos

A importância dos dados Zootécnicos para as granjas produtoras de ovos

Diogo T. Ito
Vigilance Program uma poderosa ferramenta contra a Escherichia coli patogênica aviária

Vigilance Program uma poderosa ferramenta contra a Escherichia coli patogênica aviária

Fabrizio Matté
Alternativas de cereais para substituição parcial do milho na ração de aves – Parte II

Alternativas de cereais para substituição parcial do milho na ração de aves – Parte II

Dr. Elir Oliveira
Protocolo vacinal no incubatório e uniformidade do lote ampliam a produtividade avícola

Protocolo vacinal no incubatório e uniformidade do lote ampliam a produtividade avícola

Joyci Torres
EVANOVO®, a vacina que vai revolucionar a prevenção da Coccidiose aviária

EVANOVO®, a vacina que vai revolucionar a prevenção da Coccidiose aviária

Você está pronto para a Transformação Digital na avicultura?

Você está pronto para a Transformação Digital na avicultura?

Vinicius Teixeira
Extensão Rural: a força que vem do campo!

Extensão Rural: a força que vem do campo!

Kali Simioni
6ª FAVESU destaca os desafios e as oportunidades da Avicultura Nacional

6ª FAVESU destaca os desafios e as oportunidades da Avicultura Nacional

Juliano Rangel
A promoção que apoia as exportações

A promoção que apoia as exportações

Isis Sardella
O compromisso setorial e o papel de cada elo no Brasil

O compromisso setorial e o papel de cada elo no Brasil

Luis Rua
A jornada da sustentabilidade nas propriedades avícolas

A jornada da sustentabilidade nas propriedades avícolas

Luciana Abeid Ribeiro Dalmagro
Produção com responsabilidade

Produção com responsabilidade

Cleber Souza Martins
Biosseguridade na avicultura

Biosseguridade na avicultura

Tabatha Lacerda
Diferença na Fisiologia Embrionária entre as linhagens de Matrizes pesadas

Diferença na Fisiologia Embrionária entre as linhagens de Matrizes pesadas

Guilherme Seelent
Por que medir a taxa de fluxo (vazão) do bebedouro Nipple?

Por que medir a taxa de fluxo (vazão) do bebedouro Nipple?

Como atender à crescente demanda por proteínas livres de antibióticos?

Como atender à crescente demanda por proteínas livres de antibióticos?

Patrícia Marchizeli
Aerossaculite em frangos de corte: onde se iniciam e quais são os fatores envolvidos?

Aerossaculite em frangos de corte: onde se iniciam e quais são os fatores envolvidos?

Jorge Chacón

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE AVÍCOLA

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Os podcasts do setor agrícola em português
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agrícolaagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor agrícola e da pecuária