06 out 2020

Probióticos são todos iguais?

Probióticos são todos iguais? A resposta para essa pergunta é NÃO. Os probióticos se diferenciam conforme sua composição, concentração e […]

Probióticos são todos iguais?

Probióticos são todos iguais?

A resposta para essa pergunta é NÃO. Os probióticos se diferenciam conforme sua composição, concentração e veículo.

probióticos

Se eles são diferentes, como saber qual é o ideal para o seu negócio? Para que você possa entender melhor sobre o assunto, vamos tratar do tema aqui no blog. Começaremos pelo funcionamento da microbiota das aves, quais são as características comuns aos probióticos e, depois, elencaremos as diferenças entre eles.

Para a escolha de qual o probiótico é mais eficaz para a sua empresa perante os desafios de produção, Bauer Alvarenga, nosso gerente de negócios, nos ajuda a entender melhor a diferença entre eles.

O que é a microbiota intestinal das aves?

São os microrganismos —principalmente bactérias —, que habitam o intestino das aves e que são responsáveis pela produção de energia, vitaminas, enzimas e desempenham funções essenciais para a sua saúde e performance.

A microbiota começa a se formar ainda durante a vida embrionária da ave. Mas é entre o 1º e o 3º dia após o nascimento é que ela aumenta significativamente em quantidade e diversidade. “Essa etapa é conhecida como fase de colonização e ocorre devido a dois fatores: colonização rudimentar pré-eclosão e ingestão de bactérias presentes na água, na ração e no ambiente em que as aves são criadas”, diz Bauer.

Continua después de la publicidad.
Boehringer Brasil
Evonik 0722
HENDRIX br
abvista BR

 Depois que o intestino é colonizado tem início a fase de maturação da microbiota. Ela acontece ao mesmo tempo em que o intestino se desenvolve, e dura até o final da segunda semana de vida da ave. Após esse período, o maior desafio da microbiota intestinal é se manter em equilíbrio.

O gerente de negócios explica que fatores que afetam a saúde intestinal favorecem a proliferação de bactérias patogênicas que irão comprometer o equilíbrio da microbiota intestinal. “Se ele não for mantido, pode causar sérios danos à mucosa intestinal e prejudicar o desenvolvimento da ave”, ressalta. Assim, recomenda-se o uso de probióticos em todas as etapas da vida das aves.

O que são probióticos?

De maneira resumida, os probióticos são produtos que contêm bactérias vivas de uma ou mais espécies. Se administrados na dosagem recomendada, trazem benefícios à saúde das aves.

Os probióticos podem ser compostos por bactérias esporuladas, não esporuladas ou por ambos os tipos. E estão disponíveis em diversas apresentações como pó, líquido, liofilizado e até mesmo como alimento pronto. Eles podem ser administrados In ovo, por spray, na ração e na água de bebida, ou fornecidos diretamente por meio de uma ração comercial que já contenha o probiótico.

Entretanto, alguns fatores podem limitar o uso dos probióticos, são eles:

Essas são especificidades inerentes a todos os probióticos. Porém, como dissemos no início deste artigo, eles não são todos iguais e, para alcançar seu objetivo, é necessário saber diferenciá-los. Vamos apresentar os principais probióticos e suas características.

 

Biocamp Probióticos

Conheça os 3 principais tipos de probióticos:

São três os tipos de probióticos existentes no mercado: N.A.G.F, sigla para Normal Avian Gut Flora (Flora Normal de Aves Adultas), os probióticos de múltiplas cepas colonizadoras e os probióticos de uma ou mais cepas NÃO colonizadoras.

Entenda as diferenças entre eles, qual o momento mais adequado para uso:

Os probióticos desse tipo são ideais para colonização precoce e podem ser aplicados já no incubatório e/ou ao longo da vida das aves. Eles possuem centenas de espécies de bactérias, dentre elas bactérias láticas, anaeróbias e anaeróbias facultativas, que colonizarão do intestino delgado até os cecos.

A presença dessas bactérias ajuda a proteger a ave de salmonelas paratíficas e outras bactérias patogênicas.

São compostos por um número específico de cepas com foco em performance e controle de bactérias patogênicas. Esse tipo de probiótico é composto principalmente por bactérias láticas. Seu uso pode ter início no incubatório e deve ser mantido ao longo da vida das aves.

Este tipo de probiótico é mais utilizado em rações. São compostos basicamente por bactérias do gênero Bacillus, que não se fixam à mucosa intestinal, deste modo, seu o fornecimento deve ser diário. Eles ajudam a proteger contra bactérias patogênicas, principalmente Clostridium perfringens, e contribuem para melhor performance da ave.

A Biocamp possui um portfólio que contém os três tipos de probióticos:

Para saber mais sobre a microbiota intestinal das aves, aqui explicamos em detalhes todo o processo e falamos dos diferentes tipos de probióticos. Pronto para usufruir dos benefícios que o uso dos probióticos pode trazer para o seu negócio? Fale conosco

Relacionado com Patologia e Saúde Animal

MAIS CONTEÚDOS DE

Dados da empresa
cobb br
Vetanco BR
cargill

REVISTA AVINEWS BRASIL

Assine agora a melhor revista técnica sobre avicultura

EDIÇÃO aviNews Brasil 3T 2022
Destinação correta das aves de descarte de reprodução, matrizes e de postura de ovos comerciais no final do ciclo

Destinação correta das aves de descarte de reprodução, matrizes e de postura de ovos comerciais no final do ciclo

Gustavo Triques
Importância da monitoria dos programas vacinais de Gumboro e Newcastle: Qual melhor momento da rotação de programa?

Importância da monitoria dos programas vacinais de Gumboro e Newcastle: Qual melhor momento da rotação de programa?

Tobias Filho
ICC: a inovação que alimenta o amanhã

ICC: a inovação que alimenta o amanhã

A importância dos dados Zootécnicos para as granjas produtoras de ovos

A importância dos dados Zootécnicos para as granjas produtoras de ovos

Diogo T. Ito
Vigilance Program uma poderosa ferramenta contra a Escherichia coli patogênica aviária

Vigilance Program uma poderosa ferramenta contra a Escherichia coli patogênica aviária

Fabrizio Matté
Alternativas de cereais para substituição parcial do milho na ração de aves – Parte II

Alternativas de cereais para substituição parcial do milho na ração de aves – Parte II

Dr. Elir Oliveira
Protocolo vacinal no incubatório e uniformidade do lote ampliam a produtividade avícola

Protocolo vacinal no incubatório e uniformidade do lote ampliam a produtividade avícola

Joyci Torres
EVANOVO®, a vacina que vai revolucionar a prevenção da Coccidiose aviária

EVANOVO®, a vacina que vai revolucionar a prevenção da Coccidiose aviária

Você está pronto para a Transformação Digital na avicultura?

Você está pronto para a Transformação Digital na avicultura?

Vinicius Teixeira
Extensão Rural: a força que vem do campo!

Extensão Rural: a força que vem do campo!

Kali Simioni
6ª FAVESU destaca os desafios e as oportunidades da Avicultura Nacional

6ª FAVESU destaca os desafios e as oportunidades da Avicultura Nacional

Juliano Rangel
A promoção que apoia as exportações

A promoção que apoia as exportações

Isis Sardella
O compromisso setorial e o papel de cada elo no Brasil

O compromisso setorial e o papel de cada elo no Brasil

Luis Rua
A jornada da sustentabilidade nas propriedades avícolas

A jornada da sustentabilidade nas propriedades avícolas

Luciana Abeid Ribeiro Dalmagro
Produção com responsabilidade

Produção com responsabilidade

Cleber Souza Martins
Biosseguridade na avicultura

Biosseguridade na avicultura

Tabatha Lacerda
Diferença na Fisiologia Embrionária entre as linhagens de Matrizes pesadas

Diferença na Fisiologia Embrionária entre as linhagens de Matrizes pesadas

Guilherme Seelent
Por que medir a taxa de fluxo (vazão) do bebedouro Nipple?

Por que medir a taxa de fluxo (vazão) do bebedouro Nipple?

Como atender à crescente demanda por proteínas livres de antibióticos?

Como atender à crescente demanda por proteínas livres de antibióticos?

Patrícia Marchizeli
Aerossaculite em frangos de corte: onde se iniciam e quais são os fatores envolvidos?

Aerossaculite em frangos de corte: onde se iniciam e quais são os fatores envolvidos?

Jorge Chacón

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE AVÍCOLA

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Os podcasts do setor agrícola em português
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agrícolaagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor agrícola e da pecuária