03 jan 2020

Pela 9a vez consecutiva, Vaccinar participará do IPPE, em Atlanta

A Vaccinar – Nutrição e Saúde Animal, empresa 100% brasileira posicionada entre as líderes do setor no Brasil, estará presente […]

Pela 9a vez consecutiva, Vaccinar participará do IPPE, em Atlanta

A Vaccinar – Nutrição e Saúde Animal, empresa 100% brasileira posicionada entre as líderes do setor no Brasil, estará presente no IPPE 2020 – International Production & Processing Expo, o maior e mais importante evento da indústria de aves, carnes e alimentos para animais do mundo, realizado em Atlanta, nos Estados Unidos.

É o nono ano consecutivo que a Vaccinar investe em projetar mundialmente as tecnologias e as soluções nutricionais desenvolvidas no Brasil. O estande da Vaccinar no IPPE 2020 é o A900 no Pavilhão Brasileiro da APEX Brasil.

Vaccinar IPPE 2020

Nelson Lopes, CEO da Vaccinar

HENDRIX br abvista BR

“Somos a empresa 100% brasileira de nutrição animal com maior participação neste evento que é a mais importante feira mundial de processamento de carnes. E mais uma vez estaremos juntos com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX) para fortalecer ainda mais o mercado produtor de proteína animal do nosso país”, ressalta o CEO da Vaccinar, Nelson Lopes.

Nessa edição, a Vaccinar vai ressaltar o amplo portfólio de rações especiais, concentrados, premixes, núcleos, aditivos e matérias-primas desenvolvidos para promover excelentes resultados de desempenho.

Para o diretor Comercial de Negócios Aves, Geraldo Francisco, participar do IPPE 2020 é estar ainda mais perto dos principais decisores de empresas brasileiras e internacionais. “É a oportunidade que temos para fortalecer relacionamentos, trocar experiências, ter acesso as novidades do setor e fechar negócios”, afirma.

Continua después de la publicidad.
Evonik 0722
Hansen
cobb br
Vetanco BR

Sobre a Vaccinar

A Vaccinar conta com cinco unidades produtivas, sendo três localizadas em Minas Gerais, nas cidades de Bom Despacho, Martinho Campos e Nova Ponte, e duas no Paraná, em Pinhais e Toledo.

Adquirida recentemente, a planta de Toledo possui mais de 90 mil metros quadrados de área total e 15 mil metros quadrados de área construída e produz as rações especiais da linha Qualifeed, para nutrição de aves e suínos.

Além dessas plantas produtivas, a Vaccinar também conta com centros de distribuição nessas regiões e em Goiânia (GO), para garantir a ampla distribuição dos produtos da empresa, além de uma sucursal na Ciudad del Este, no Paraguai, com um escritório e mais um centro de distribuição.

39 anos no mercado, a Vaccinar Nutrição e Saúde Animal possui uma linha de soluções nutricionais voltadas para aves e suínos de alto desempenho. Além dos itens de catálogo, também desenvolve produtos personalizados que atendem a demandas específicas das produções avícolas.

Serviço

Dias: 28 a 30 de janeiro de 2020

Estande: A900, Pavilhão Brasileiro da APEX Brasil

Local: Georgia World Congress Center, Atlanta, Georgia USA

Contatos Vaccinar: WhatsApp (31) 98202-8866, telefone 0800 031 5959 e site www.vaccinar.com.br

Relacionado com Nutrição Animal
cargill
Boehringer Brasil
Ceva

REVISTA AVINEWS BRASIL

Assine agora a melhor revista técnica sobre avicultura

EDIÇÃO aviNews Brasil 3T 2022
Destinação correta das aves de descarte de reprodução, matrizes e de postura de ovos comerciais no final do ciclo

Destinação correta das aves de descarte de reprodução, matrizes e de postura de ovos comerciais no final do ciclo

Gustavo Triques
Importância da monitoria dos programas vacinais de Gumboro e Newcastle: Qual melhor momento da rotação de programa?

Importância da monitoria dos programas vacinais de Gumboro e Newcastle: Qual melhor momento da rotação de programa?

Tobias Filho
ICC: a inovação que alimenta o amanhã

ICC: a inovação que alimenta o amanhã

A importância dos dados Zootécnicos para as granjas produtoras de ovos

A importância dos dados Zootécnicos para as granjas produtoras de ovos

Diogo T. Ito
Vigilance Program uma poderosa ferramenta contra a Escherichia coli patogênica aviária

Vigilance Program uma poderosa ferramenta contra a Escherichia coli patogênica aviária

Fabrizio Matté
Alternativas de cereais para substituição parcial do milho na ração de aves – Parte II

Alternativas de cereais para substituição parcial do milho na ração de aves – Parte II

Dr. Elir Oliveira
Protocolo vacinal no incubatório e uniformidade do lote ampliam a produtividade avícola

Protocolo vacinal no incubatório e uniformidade do lote ampliam a produtividade avícola

Joyci Torres
EVANOVO®, a vacina que vai revolucionar a prevenção da Coccidiose aviária

EVANOVO®, a vacina que vai revolucionar a prevenção da Coccidiose aviária

Você está pronto para a Transformação Digital na avicultura?

Você está pronto para a Transformação Digital na avicultura?

Vinicius Teixeira
Extensão Rural: a força que vem do campo!

Extensão Rural: a força que vem do campo!

Kali Simioni
6ª FAVESU destaca os desafios e as oportunidades da Avicultura Nacional

6ª FAVESU destaca os desafios e as oportunidades da Avicultura Nacional

Juliano Rangel
A promoção que apoia as exportações

A promoção que apoia as exportações

Isis Sardella
O compromisso setorial e o papel de cada elo no Brasil

O compromisso setorial e o papel de cada elo no Brasil

Luis Rua
A jornada da sustentabilidade nas propriedades avícolas

A jornada da sustentabilidade nas propriedades avícolas

Luciana Abeid Ribeiro Dalmagro
Produção com responsabilidade

Produção com responsabilidade

Cleber Souza Martins
Biosseguridade na avicultura

Biosseguridade na avicultura

Tabatha Lacerda
Diferença na Fisiologia Embrionária entre as linhagens de Matrizes pesadas

Diferença na Fisiologia Embrionária entre as linhagens de Matrizes pesadas

Guilherme Seelent
Por que medir a taxa de fluxo (vazão) do bebedouro Nipple?

Por que medir a taxa de fluxo (vazão) do bebedouro Nipple?

Como atender à crescente demanda por proteínas livres de antibióticos?

Como atender à crescente demanda por proteínas livres de antibióticos?

Patrícia Marchizeli
Aerossaculite em frangos de corte: onde se iniciam e quais são os fatores envolvidos?

Aerossaculite em frangos de corte: onde se iniciam e quais são os fatores envolvidos?

Jorge Chacón

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE AVÍCOLA

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Os podcasts do setor agrícola em português
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agrícolaagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor agrícola e da pecuária