Processamento e Qualidade

Diagrama de Ishikawa aplicado ao processamento dos frangos

PDF

Para ler mais conteúdo de aviNews Brasil Outubro 2021

diagrama de ishikawa

Diagrama de Ishikawa aplicado ao processamento dos frangos

Esta ferramenta Gerencial ajuda a analisar os fatores que contribuem para um problema, de maneira estruturada, com o objetivo de identificar as causas raiz que o ocasionam. Identificar essas causas facilita o desenho de ações a serem adotadas para controlar, ou eliminar o problema.

O diagrama de Ishikawa (também chamado diagrama de espinha de peixe) é um tipo de Mapa Mental, no qual as causas imediatas ou diretas do Problema Central estão agrupadas em seis (6) categorías, denominadas os seis “ M ”. O propósito de agrupar as causas desta maneira é ser o mais rigoroso possível nas análises do problema.

cargill
diagrama de ishikawaPor sua vez, para cada causa imediata pode-se identificar causas de segunda ordem, terceira ordem etc., dependendo do nível de detalhe que se queira alcançar.

CASO # 1

AVES MAL SANGRADAS

Continua después de la publicidad.
Evonik 0722
Vetanco BR
abvista BR
Boehringer Brasil

Dependendo do clima e altura acima do nível do mar, os parâmetros de controle mudam. Além disso, quando as pessoas que realizam o abate não executam seu trabalho de forma correta e os equipamentos não estão adequadamente regulados, também se apresenta esse detalhe de qualidade.

O sangue representa aproximadamente 7% do peso vivo. Comercialmente, drena-se entre 45% e 50% do mesmo. Lembre-se que o sangue é distribuído assim: 84% na rede de vasos sanguíneos e 16% nos diferentes órgãos.

Para ter este processo dentro dos parâmetros, sugere-se selecionar um grupo de frangos durante o turno e pesá-los individualmente. Seu peso vivo equivale a 100%. Antes de os animais entrarem na escaldadora, retirá-los dos ganchos e voltar a pesá-los.

Essa diferença de peso deve ficar próxima de 3%. Portanto, os frangos devem pesar 97%, comparado ao frango vivo.

Abate de Aves em climas quentes e altitude inferior a 800 metros

Sua fisiologia cardiovascular se caracteriza pela vasodilatação, para dissipar calor. Além disso, o ar entra nos pulmões com a maior pressão possível.

O tempo de sangria adequado oscila entre 1 minuto e 30 segundos, até 1 minuto e 45 segundos. Cada planta deve estabelecer o tempo mais conveniente.

diagrama de ishikawaAbate de frangos em climas temperados a frios, com altitudes superiores a 800 metros

Os animais chegam à planta com os vasos sanguíneos dilatados. Este detalhe pontual é percebido claramente ao abrir das asas pela parte interior.

Nestes climas sua fisiologia propicia a vasoconstrição para conservar o calor.

Se, à situação anterior, agregamos o aumento da altitude, haverá indução para que as aves produzam mais glóbulos vermelhos – os únicos capazes de transportar o oxigênio – no momento da troca venosa, retornando o sangue ao coração, devidamente oxigenado. Com isso, conserva-se a homeostase, porque ocorre um aumento da pressão com a qual este gás entra nos pulmões.

Resultado: A quantidade extra de glóbulos vermelhos aumenta a viscosidade do sangue.

Estas circunstâncias especiais exigem que se aumente o tempo de sangria entre 3.0 e 3.5 minutos, evitando-se o acúmulo de sangue nas asas. Durante a coleta dos animais, logo após saírem da última depenadeira para os primeiros equipamentos automáticos de evisceração, ou na calha quando esse processo é realizado manualmente, nota-se o piso cheio de sangue bem abaixo do trajeto dos frangos.

Em algumas plantas, quando a situação se torna crítica, recorre-se à Estimulação Elétrica, com o objetivo de aumentar a quantidade de sangue drenada.

Este detalhe – sangue armazenado nos frangos – induzem os controladores de qualidade a condenar parcial, ou totalmente as aves. Esta decisão afeta o rendimento dos frangos que estão sendo processados.

Abate 

Independentemente de ser manual, ou automático, deve-se evitar seccionar a traqueia e o cordão nervoso. Se isto acontece, as aves morrem por asfixia e a interrupção das mensagens enviadas pelo cérebro ao coração, fazem-no deixar de bater. Em alguns países a traqueia é cortada por exigências especiais. Dependendo da apresentação do animal, os fiscais de qualidade as rejeitam parcial, ou totalmente, afetando o rendimento dos frangos processados.

O parâmetro de controle para os frangos mal sangrados é de 0,03% acima do total das aves beneficiadas.

 

diagrama de ishikawa

Diagrama de Ishikawa aplicado ao processamento dos frangos

 

diagrama de ishikawaCASO # 2

AVES DEPENADAS DEFICIENTEMENTE

Uma boa depena exige que as operações anteriores sejam realizadas corretamente, desde a pendura das aves no transportador aéreo de abate, até a entrada às depenadeiras. De fato, a retirada das penas exige manejo cuidadoso.

diagrama de ishikawadiagrama de ishikawaPendura

Manter todos os ganchos cheios. Além disso, as patas devem estar bem ajustadas e simétricas. Durante a depena, os ganchos vazios movemse muito, maltratando os frangos ao lado.

Trajeto da última pendura à entrada do atordoador

Se as aves estão intranquilas, durante seu trajeto batem asas com diferentes níveis de intensidade.

Causas

O massageador de peito não se encontra bem regulado e o percurso não está convenientemente escurecido. Por essa razão, descem ao atordoador estressados, impedindo que percam a consciência por não introduzirem a cabeça no tanque de água. Essa parcela passa com o pescoço levantado e batendo asas intensamente. Esse comportamento é resultado do Pré-choque que sentem à entrada. Em algumas processadoras esta situação não é resolvida, a menos que se aumente a voltagem e, consequentemente, a amperagem.

 

Aturdimiento

Esse equipamento atende a uma das demandas de Bem-estar Animal. Ao aumentar a corrente como mencionado anteriormente, provoca-se maior contração muscular, que prende mais as penas dentro do folículo. As sequelas desta anomalia são detectadas na saída das aves da ultima depenadeira. Penas nas asas, coxas e cauda. Lembre-se que as penas das asas e cauda são as únicas inseridas nos músculos.

diagrama de ishikawa

Diagrama de Ishikawa aplicado ao processamento dos frangos

Escalda

Para alcançar boa qualidade nesta operação é necessário que os seguintes aspectos funcionem bem:

Temperatura conforme o tipo de frango a processar: branco (sem epiderme) amarelo (com epiderme).

Tempo de acordo com as características das aves a serem processadas.

Agitação da água uniforme em toda a superfície dos tanques, mantendo o nível inicial. Quando esta exigência não é cumprida, a água não chega até a pele, impedindo a abertura dos folículos e o desprendimento das penas. Consequentemente, dificulta-se mais sua eliminação.

Imersão total dos animais enquanto se deslocam dentro dos tanques. Esta condição se reveste da maior importância, dado que, ao flutuarem as aves inclinam-se, fazendo com que as penas da cauda e das asas, que são as mais difíceis de retirar conforme comentou-se, saiam à superfície.

Como a temperatura superficial medida no peito aumenta na escaldadora, é necessário conservá-la até a entrada da primeira depenadeira.

Algumas plantas instalam túneis em aço inoxidável por razões sanitárias.

diagrama de ishikawaDepenagem

Durante esta operação deve-se levar em consideração os seguintes detalhes pontuais para que os frangos sejam depenados em mais de 96%.

Os discos devem estar completos e em bom estado.

Os dedos, em cada um dos discos, também devem estar em estado adequado.

Todos os ganchos têm que estar conectados.

Os aspersores devem fornecer água a uma temperatura entre 34oC e 38oC. Esta película é direcionada aos dedos, com o objetivo de impedir o sobreaquecimento. Além disso, age como uma camada lubrificante entre os dedos e os frangos.

As estruturas das depenadeiras devem estar centradas em relação ao trajeto dos ganchos.

Para aumentar a efetividade na retirada das penas das asas, estas máquinas devem ter uma inclinação para baixo nas saídas.

Quando estes aspectos, entre outros, não são levados a cabo, as aves são submetidas a uma pressão maior que pode romper a pele na parte mais frágil: peito, asas e na sobrecoxa, próximo à cauda. Estes danos podem ser considerados parciais ou totais, conforme os fiscais de qualidade, afetando o rendimento dos frangos envolvidos.

 

diagrama de ishikawa

Diagrama de Ishikawa aplicado ao processamento dos frangos

 

polinutri
Hansen
Ceva
incubaforum
cobb br
MAIS SOBRE Processamento e Qualidade

ESCUTA A REVISTA EM agriFM

agriFM

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE AVÍCOLA

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Os podcasts do setor agrícola em português
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agrícolaagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor agrícola e da pecuária