Processamento

Exigências de Inocuidade pelo Oriente Médio

Para ler mais conteúdo de aviNews Brasil Setembro 2020

De acordo com o Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, entende-se por inocuidade dos alimentos a sua qualidade em termos microbiológicos, físicos, químicos e sensoriais.

A exigência por qualidade – traduzida em barreiras sanitárias cada vez mais rigorosas não só no Oriente Médio, mas em outros continentes – aumenta, na mesma medida em que se intensificam as exportações de alimentos entre os países.

inocuidade oriente médio hallal

Exigências de Inocuidade pelo Oriente Médio

Boehringer Brasil

Nenhuma nação deseja importar um alimento que não seja seguro e que coloque sua população em risco.

inocuidade oriente médio halalEntendendo o Halal

Ceva
cobb br
Vetanco BR
Boehringer Brasil

Halal é um padrão ético e moral de ações lícitas não só na alimentação, mas também no ambiente social, na conduta, na Justiça, nas vestimentas e nas finanças.

Na prática, um alimento é considerado Halal quando, em todo o seu processo produtivo, contou com matérias-primas, processos, mão de obra e embalagens que não trazem qualquer prejuízo à saúde das pessoas.

Para obter a certificação Halal, um produto precisa seguir algumas etapas;

oriente médio inocuidade halal

Exigências de Inocuidade pelo Oriente Médio

Durante estes três processos, são verificadas as matérias-primas e auxiliares de processo utilizados na fabricação do produto.

Algumas matérias-primas e insumos não são permitidos pela lei islâmica como, por exemplo:

inocuidade oriente médio hallalo porco e qualquer um dos seus derivados;

bebidas alcoólicas;

insetos;

sangue;

derivados de seres humanos;

carne e derivados de animais que não são provenientes do abate Halal.

Também não pode receber o certificado um produto que afeta a saúde humana, prejudica o solo e compromete os recursos naturais, ou que utiliza, por exemplo, mão de obra escrava ou infantil em seu processamento.

inocuidade oriente médio HalalAlém disso, os auditores verificam se:

É igualmente importante, para obter a certificação Halal, o fato de a empresa destinar parte de seus lucros para promover benefícios sociais e ao meio ambiente.

Passadas estas etapas, um Comitê de Certificação avalia todas as informações coletadas e as analisa com bastante rigor.

Servem de base:

Só após a aprovação do Comitê é que o certificado é emitido.

O abate Halal

Conforme citado anteriormente, em se tratando de proteína animal, o processo de certificação Halal exige que o abate seja feito de forma especial.

oriente médio inocuidadeOs animais, para serem abatidos, devem ser saudáveis e aprovados pelas autoridades sanitárias competentes, que devem atestar que eles se encontram em perfeitas condições físicas.
inocuidade oriente médio halalO processo deve ser executado por um muçulmano mentalmente sadio, que entenda, totalmente o fundamento das regras e das condições relacionadas ao abate de animais no Islam, sendo que na ausência de um muçulmano pode ser conduzido por um judeu ou cristão treinado. É feito com intenção e o sangrador deve estar totalmente ciente de sua ação.

inocuidade oriente médio halalA frase Em nome de Deus, Deus é maior! (Bismillah Allahu Akbar)tem de ser invocada durante o abate. É uma maneira de agradecer pelo alimento enviado por Deus, pedindo perdão, já que os animais são sacrificados para garantir o sustento alimentar do ser humano e não por diversão ou sadismo.

inocuidade halalOs equipamentos e os utensílios utilizados no abate Halal são exclusivos para esse tipo de degola e a faca do abate deve ser afiada porque o corte deve ser realizada apenas uma vez.
oriente médio inocuidade halalA “ação cortante” do abate é permitida desde que as facas não sejam descoladas do animal durante o ato, diminuindo o sofrimento infringido. A ação da degola deve cortar a traqueia, esôfago, as artérias e a veia jugular para apressar o sangramento e a morte do animal.

O abate Halal deve ser feito de forma rápida, para que o animal não sofra. Com a degola no sistema Halal, o fluxo de sangue que iria para o cérebro é interrompido imediatamente, causando a morte instantânea o que diminui significativamente a liberação de toxinas na corrente sanguínea, que altera a cor e a consistência da carne.

A retirada do sangue garante que, se o animal estiver com alguma moléstia, as chances do ser humano ser contaminado sejam menores. Além disso, a retirada do sangue garante maior qualidade do produto, já que ele alcança os parâmetros internacionais de pH, tendo reduzidos significativamente os riscos de putrefação prematura por crescimento microbiológico. O esgotamento do sangue deve ser espontâneo e completo.
halalUm inspetor mulçumano treinado tem a responsabilidade de checar se os animais são abatidos corretamente, de acordo com a Sharia (lei islâmica). A ave abatida somente poderá ser escaldada após a confirmação da morte pelo abate Halal.
oriente médio inocuidade halal

Exigências de Inocuidade pelo Oriente Médio

inocuidade oriente médio HalalQuem quiser exportar alimentos para Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Bahrein, Omã, Catar, Kwuait e Iêmen – sete, dos quinze países do Oriente Médio – precisa atender aos requisitos do GSO (Gulf Standard Organization), órgão reconhecido por autoridades religiosas islâmicas mundiais que definiu os critérios técnicos e sanitários que um produto deve cumprir para ser comercializado nestas nações. Quem conduz o processo de acreditação da certificação Halal nestes países é o GAC, Centro de Acreditação do Golfo.

As normas que regulamentam os produtos Halal são a GSO 2055-1/2015 e a GSO 993/2015. Este conjunto de regras traz orientações específicas para proteína animal (GSO/CAC/RCP58, Code of higienic practice for meat) e outras relativas à higiene com os alimentos (GSO 1694, General Principles of food).

De acordo com dados da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, o Brasil é o terceiro maior parceiro comercial dos países árabes, atrás apenas da China e dos Estados Unidos.

Somente no ano passado, o bloco comprou mais de US$ 12,2 bilhões de produtos brasileiros, uma alta de 6,3% em relação a 2018. A pauta de exportações foi liderada por frango, açúcar, minério de ferro, carne bovina e grãos.

Frango Halal

inocuidade oriente médio halalO Brasil segue como líder mundial quando o assunto é frango Halal. Em 2019, as vendas de frango subiram 6,41%, atingindo a cifra de US$ 2,378 bilhões. Já a carne bovina gerou US$ 1,168 bilhão, alta de 2,65%.

O mercado islâmico reúne, atualmente, quase 2 bilhões de pessoas. Mas se considerarmos que o alimento Halal vem despertando o interesse daqueles que procuram alimentos seguros, podemos afirmar que este contingente de consumidores pode ser ainda maior.

Bom para o Brasil que pode turbinar sua economia e gerar mais empregos no segmento Halal. Bom para os consumidores que inseriram em sua vida o conceito de saudabilidade: pessoas que buscam alimentos saudáveis para viver com mais saúde e qualidade de vida.

inocuidade oriente médio halal
Vetanco

 

 

 

abvista BR
Ceva
Vetanco BR
HENDRIX br
MAIS SOBRE Processamento

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE AVÍCOLA

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Os podcasts do setor agrícola em português
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agrícolaagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor agrícola e da pecuária