22 dez 2021

Polinutri encerra 2021 comprometida com os resultados dos seus clientes

Ao longo dos 32 anos da Polinutri no mercado de nutrição animal, muitos foram os desafios superados, atendendo aos seus […]

Polinutri encerra 2021 comprometida com os resultados dos seus clientes

Ao longo dos 32 anos da Polinutri no mercado de nutrição animal, muitos foram os desafios superados, atendendo aos seus clientes com a máxima excelência. Em 2021 não foi diferente, a empresa manteve-se ao lado do produtor diante do mercado adverso, trazendo soluções para obter ótimos resultados de campo e maior lucratividade.

O evento anual de balanço das Unidades de Negócios de Avicultura, Suinocultura, Ruminantes, Piscicultura e Carcinicultura foi o primeiro momento de encontro presencial realizado com o time desde o início da pandemia. “A reunião foi um momento importante para as lideranças de cada segmento avaliarem o ano que passou, apontando os principais enfrentamentos e ressaltando os resultados obtidos em meio aos momentos desafiadores”, relata o Diretor Comercial e Marketing da Polinutri, Rogerio Iuspa.

Rogerio Iuspa

“Mesmo com as dificuldades, 2021 foi um ano positivo e superado, mais uma vez, por todas as áreas”, continua Rogerio. “Mantivemos nossa base de atendimento e conquistamos clientes relevantes. Tudo graças ao trabalho de parceria e auxílio completo muito bem conduzido pelas equipes comerciais e técnicas. Entendemos os desafios de cada um dos nossos clientes e assim conseguimos priorizar seus resultados oferecendo o melhor custo-benefício”, completa.

Lincoln Beninca

Continua después de la publicidad.

O Gerente da Unidade de Negócios Avicultura, Lincoln Beninca, traz suas avaliações sobre 2021 e o que espera para o próximo ano. “Foi difícil superar a alta dos custos das matérias-primas e fazer o repasse de custos ao cliente, além da redução do plantel de frango de corte. Todavia, chegamos até aqui e superamos mais uma vez os desafios. Focamos em buscar alternativas para que nossos clientes pudessem reduzir os custos e otimizar suas produções, contribuindo de forma positiva nos processos e resultados. Para 2022, todos os nossos clientes do segmento avícola poderão contar, mais uma vez, com nosso empenho para de forma sustentável maximizar o desempenho e otimização dos seus negócios”, explana.

Felipe Ceolin

Para Felipe Ceolin, Gerente da Unidade de Negócios Suinocultura, o ano se encerra com a sensação de dever cumprido. “A carne suína realmente caiu no gosto do consumidor brasileiro, e isso foi excelente para a cadeia produtiva. Tivemos um ano de negócios expressivos, mesmo diante dos desafios da pandemia e dos elevados custos de produção. Entendemos rapidamente o cenário, ouvimos nossos clientes e adaptamos nossa estratégia. Para 2022, estaremos ainda mais próximos dos clientes, entendendo suas necessidades, buscando eficiência e entregando produtividade”, ressalta.

Alexandre Siqueira

Segundo o Gerente da Unidade de Negócios Ruminantes, Alexandre Siqueira, os negócios para nutrição na pecuária de corte e leite seguiu a escalada de sua estratégia pelo segundo ano consecutivo, com crescimento de 33% em relação ao ano anterior. Seu objetivo para o próximo ano segue as mesmas diretrizes. “Nossa equipe é muito técnica. Trabalhamos próximo do pecuarista ofertando alternativas frente aos custos, visando saúde, reprodução e produção, que são os pilares da produção sustentável. Dessa forma, os produtores conseguiram enfrentar essa pandemia. Independente dos desafios estamos preparados, temos confiança nas pessoas que compõem o nosso time”, conclui.

Por fim, quem fala sobre a Unidade de Negócios Aquacultura, é Rogerio Iuspa: “Os segmentos de piscicultura e carcinicultura representam o terceiro maior negócio da Polinutri, que receberam importantes investimentos ao longo do ano, dando margem para a criação de novas soluções nutricionais para o mercado, reforçando o compromisso com os clientes. Acreditamos no crescimento dessas cadeias produtivas para o próximo ano e continuaremos expandindo nossa atuação”.

Para finalizar, Rogerio deixa claro que 2022 é um ano de incertezas, mas que o time Polinutri estará, como sempre, preparado para atender os produtores. “Encerramos o ano cumprindo nossa missão e para o próximo ano vamos ser melhores ainda, na busca de flexibilidade, de reinvenção, de otimização, de aprendizado com o propósito de sempre: estarmos alinhados aos nossos clientes, pois sabemos que ‘Juntos vamos mais longe’”, finaliza o Diretor Comercial e Marketing da Polinutri.

Sobre a Polinutri – Fundada em 1989 a empresa atua no desenvolvimento, na produção e comercialização de soluções e produtos para a nutrição e saúde animal. Conta com três unidades industriais – Treze Tílias (SC), Eusébio (CE) e Maringá (PR) –, três Centros de Distribuição (CDs) – Varginha (MG), Lajedo (PE) e Barueri (SP) – e sede administrativa em São Paulo (SP). Aliado a isso, conta com um laboratório próprio em Maringá (PR) reconhecido e atestado pela FAO, Embrapa e Rommer Labs. Atualmente a empresa atende os mercados de ração acabada, premix e núcleos para as áreas de bovinocultura de corte e leite, suinocultura, avicultura de corte e postura, carcinicultura, piscicultura, peixes ornamentais e pets.

Fonte: Giracom – Comunicação e Marketing

Relacionado com Nutrição Animal

MAIS CONTEÚDOS DE

Dados da empresa

REVISTA AVINEWS BRASIL

Assine agora a melhor revista técnica sobre avicultura

EDIÇÃO aviNews Brasil 3T 2022
Destinação correta das aves de descarte de reprodução, matrizes e de postura de ovos comerciais no final do ciclo

Destinação correta das aves de descarte de reprodução, matrizes e de postura de ovos comerciais no final do ciclo

Gustavo Triques
Importância da monitoria dos programas vacinais de Gumboro e Newcastle: Qual melhor momento da rotação de programa?

Importância da monitoria dos programas vacinais de Gumboro e Newcastle: Qual melhor momento da rotação de programa?

Tobias Filho
ICC: a inovação que alimenta o amanhã

ICC: a inovação que alimenta o amanhã

A importância dos dados Zootécnicos para as granjas produtoras de ovos

A importância dos dados Zootécnicos para as granjas produtoras de ovos

Diogo T. Ito
Vigilance Program uma poderosa ferramenta contra a Escherichia coli patogênica aviária

Vigilance Program uma poderosa ferramenta contra a Escherichia coli patogênica aviária

Fabrizio Matté
Alternativas de cereais para substituição parcial do milho na ração de aves – Parte II

Alternativas de cereais para substituição parcial do milho na ração de aves – Parte II

Dr. Elir Oliveira
Protocolo vacinal no incubatório e uniformidade do lote ampliam a produtividade avícola

Protocolo vacinal no incubatório e uniformidade do lote ampliam a produtividade avícola

Joyci Torres
EVANOVO®, a vacina que vai revolucionar a prevenção da Coccidiose aviária

EVANOVO®, a vacina que vai revolucionar a prevenção da Coccidiose aviária

Você está pronto para a Transformação Digital na avicultura?

Você está pronto para a Transformação Digital na avicultura?

Vinicius Teixeira
Extensão Rural: a força que vem do campo!

Extensão Rural: a força que vem do campo!

Kali Simioni
6ª FAVESU destaca os desafios e as oportunidades da Avicultura Nacional

6ª FAVESU destaca os desafios e as oportunidades da Avicultura Nacional

Juliano Rangel
A promoção que apoia as exportações

A promoção que apoia as exportações

Isis Sardella
O compromisso setorial e o papel de cada elo no Brasil

O compromisso setorial e o papel de cada elo no Brasil

Luis Rua
A jornada da sustentabilidade nas propriedades avícolas

A jornada da sustentabilidade nas propriedades avícolas

Luciana Abeid Ribeiro Dalmagro
Produção com responsabilidade

Produção com responsabilidade

Cleber Souza Martins
Biosseguridade na avicultura

Biosseguridade na avicultura

Tabatha Lacerda
Diferença na Fisiologia Embrionária entre as linhagens de Matrizes pesadas

Diferença na Fisiologia Embrionária entre as linhagens de Matrizes pesadas

Guilherme Seelent
Por que medir a taxa de fluxo (vazão) do bebedouro Nipple?

Por que medir a taxa de fluxo (vazão) do bebedouro Nipple?

Como atender à crescente demanda por proteínas livres de antibióticos?

Como atender à crescente demanda por proteínas livres de antibióticos?

Patrícia Marchizeli
Aerossaculite em frangos de corte: onde se iniciam e quais são os fatores envolvidos?

Aerossaculite em frangos de corte: onde se iniciam e quais são os fatores envolvidos?

Jorge Chacón

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE AVÍCOLA

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Os podcasts do setor agrícola em português
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agrícolaagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor agrícola e da pecuária