21 mar

Marketing: uma saída para a crise do mercado de ovos?

A AviNews Brasil conversou com o Dr. Vincent Guyonnet, Diretor Geral da FFI Consulting, sobre os desafios do setor de ovos e como o marketing pode ajudar a enfrentá-los. O resultado da entrevista está imperdível, confira!

Marketing: uma saída para a crise do mercado de ovos?

Marketing saída para crise do setor de ovosA AviNews Brasil conversou com o Dr. Vincent Guyonnet, Diretor Geral da FFI Consulting, sobre os desafios do setor de ovos e como o marketing pode ajudar a enfrentá-los. Vincent também é professor no The World Veterinary Education in Production Animal Health; Jilin University (Changchun); China Agricultural University e Chinese Academy of Agricultural Sciences (Pequim). O resultado da entrevista está imperdível, confira!

Dr. Vicent, o setor brasileiro de produção de ovos vive um momento delicado por questões relacionadas à alta histórica de custos. Como o Marketing pode ajudar o produtor de ovos num momento como este?

Vincent Guyonnet Antes de mais nada, é importante mencionar que não tenho o prazer de visitar o Brasil desde 2012, quando me apresentei no XXIV Congresso Mundial de Avicultura em Salvador, Bahia. Então, meus pontos de referência para o setor brasileiro de ovos estão, obviamente, desatualizados. Mas vou usar experiências de muitos outros mercados ao redor do mundo para oferecer algumas ideias que podem ser aplicáveis ao mercado brasileiro.

De acordo com os dados da ABPA, o consumo anual per capita de ovos passou de 148 para 251 nos últimos dez anos. São mais 103 ovos por pessoa!

cobb br Evonik 0722
Marketing saída para crise do setor de ovos
Este é um número fantástico e tenho certeza de que está relacionado às ações de marketing implementadas pelo setor brasileiro de ovos.

Marketing saída para crise do setor de ovosVi vários vídeos desenvolvidos peloInstituto Ovos Brasil e suas mensagens são perfeitas. Eles identificam os diferentes benefícios da nutrição dos ovos e têm como alvo diferentes públicos. Como você provavelmente sabe, eles até desenvolveram uma mensagem voltada aos donos de pets.

Por que você acha que marcas populares de refrigerantes, roupas esportivas ou telefones celulares gastam milhões em publicidade de produtos e marcas que quase todo mundo conhece?

Bem, você precisa lembrar constantemente os consumidores sobre seus produtos. Com alimentos de origem animal, os consumidores têm muitas opções e devemos lembrá-los continuamente sobre os ovos e o que eles podem oferecer.

HENDRIX br
abvista BR
Hansen
cargill

Temos tantas histórias boas para contar sobre ovos:

Nutrição infantil;

Mitigação de nanismo infantil em comunidades pobres;

Ótima nutrição para mulheres grávidas e

Rica fonte de proteínas altamente digeríveis para idosos.

E podemos acrescentar também o aspecto de sustentabilidade da produção de ovos. Mais do que nunca, os produtores de ovos devem unir forças e, juntos, investir em uma ampla gama de atividades para crescer ainda mais o segmento no Brasil.

Com 251 ovos por pessoa, o Brasil ainda está atrás dos EUA em termos de consumo (287), país onde o consumo de proteínas animais é ainda maior do que o brasileiro. Segundo dados da OCDE, em 2020 os brasileiros consumiram 78,7 kg de carne, contra 101,7 kg nos EUA.

Marketing saída para crise do setor de ovosA Colômbia é outro país onde o forte investimento em marketing e promoção da nutrição de ovos teve um efeito fantástico. Entre 2010 e 2020, o consumo de ovos na Colômbia aumentou 111 ovos ou 51,9%. Hoje, os colombianos consomem cerca de 325 ovos por ano.

Essas são boas metas para os produtores brasileiros, mas para conquistar mais “share of stomach” no mercado de proteína animal, devemos promover e divulgar continuamente os ovos. Trabalho de marketing e branding!

Marketing saída para crise do setor de ovosDevemos também reconhecer que os consumidores estão mudando. Até 2027, prevê-se que os Millennials e a Geração Z representem mais de 50% dos consumidores.

Essas gerações pensam, compartilham valores e têm necessidades diferentes. Devemos adaptar nossas abordagens de marketing para abordá-los, entrar no campo do Marketing Digital.

Devemos contar a eles o que estamos fazendo para preservar o meio ambiente e nosso planeta. O setor de ovos tem uma grande história para contar sobre Sustentabilidade e devemos fazê-lo!

O Sr. tem grande experiência internacional e o movimento de ciclos de altas e baixas de ganhos no setor de produção de ovos certamente não é uma exclusividade do Brasil. O que deveria ser feito para que o produtor consiga passar ileso pelos momentos de baixa lucratividade, ou até perdas econômicas?

VC Em condições econômicas difíceis, podemos pensar amplamente em duas opções:

1. Reduzir o custo de produção, ou

2. Aumentar os preços.

Em termos de produção, as rações são nosso maior custo. O custo, a formulação e a utilização da ração pelas aves podem ser ajustados para garantir que obtenhamos o maior número de ovos, com a menor quantidade de ração. Mas alimentos mais baratos, nem sempre significam mais lucros.

Já estamos fazendo todo o possível para maximizar a quantidade de ovos produzidos por quilo de ração? Estou confiante de que a resposta é Não.

Marketing saída para crise do setor de ovosSempre podemos fazer mais. Temos vários ingredientes para rações, como prebióticos, probióticos ou enzimas, que contribuirão para uma maior eficiência alimentar, mas estes não são comumente usados.

O setor de ovos (em todos os países) é bastante conservador e, geralmente, relutante em adotar tecnologias mais novas. Precisamos abraçar as mudanças e inovações. Alguns desses ingredientes trazem inúmeros benefícios que podem fortalecer o esforço de diferenciar nossa marca e produto.

Por exemplo, um estudo recente no Brasil mostrou que a adição de uma enzima à ração não apenas melhorou a eficiência alimentar, mas também reduziu a emissão geral de CO2 por quilo de produto.

Marketing saída para crise do setor de ovosEntão, temos a oportunidade de usar ingredientes para ração que não apenas melhorarão a lucratividade, mas também contribuirão para uma maior sustentabilidade da produção de ovos. Esta é uma verdadeira situação ganha-ganha para todos os produtores.

Do lado dos preços, obviamente, aumentar os preços quando o cidadão médio está lutando não é uma boa opção. Mas temos a oportunidade de segmentar ainda mais o mercado e criar uma série de produtos especiais, que ofereceriam um diferencial em relação aos ovos normais.

Devemos passar de um mercado genérico de ovos para um mercado em que possamos oferecer aos consumidores muitas opções, algumas com um preço premium.

O processamento de ovos e o segmento de produtos posteriormente transformados também é uma opção para criar produtos de maior valor agregado e premium.

No cenário atual mundial e do Brasil, quais poderiam ser as saídas para a crise do mercado de ovos?

VC – Se você observar os dados recentes da FAO, a produção global de ovos cresceu 2,3% entre 2019 e 2020, adicionando 2,3 milhões de toneladas extras de ovos. Então, eu diria que globalmente o setor teve um desempenho muito bom durante o primeiro ano da pandemia da COVID-19.

Marketing saída para crise do setor de ovos

Mas é verdade que vivemos tempos difíceis. A diversificação é provavelmente uma de nossas opções no Brasil.

Acredito piamente na importância do processamento de ovos para expandir ainda mais o tamanho do setor e criar novas oportunidades no Brasil.
Marketing saída para crise do setor de ovosVocê sabia que no Japão, cerca de 50% dos ovos consumidos são na forma de ovoprodutos? E como os japoneses comem cerca de 340 ovos por ano, muitos ovos estão sendo usados para processamento.

Na França (36%), Canadá (27%) ou EUA (27%), o consumo de ovoprodutos é menor do que no Japão, mas ainda muito, muito maior do que no Brasil. Acredito que esta seja uma excelente oportunidade para os produtores brasileiros.

Menos de 10% da produção global de ovos está sendo processada em ovos líquidos, em pó ou outros tipos de ovoprodutos processados.

Em relação ao setor brasileiro de produção de ovos, que barreiras o senhor acredita que ainda precisam ser vencidas para que o setor avance com maior velocidade?

VC – Eu gostaria de poder responder a essa pergunta depois de conversar com mais produtores brasileiros durante o XIX Congresso da APA!

Um levantamento recente nas redes sociais nos EUA mostrou que os consumidores continuam confusos sobre ovos e saúde do coração. Então, vamos continuar falando sobre o grande valor nutricional dos ovos.

Esse mesmo estudo também demonstrou que os consumidores americanos estavam mais interessados nos benefícios proporcionados pelo alimento, do que sobre os vários nutrientes do ovo.

Acho que precisamos fazer um uso muito melhor dos dados das mídias sociais para ajustar nossas mensagens aos consumidores.

Precisamos encontrar mais formas de consumir ovos – é por isso que gosto muito da opção de construir um negócio de processamento de ovos no Brasil. Os consumidores terão mais oportunidades de consumí-los.

O senhor acredita que o apelo ESG (Environmental, Social and Corporate Governance) é uma boa oportunidade para o avanço do setor de produção de ovos? Por que?

Marketing saída para crise do setor de ovosVC – O foco em ESG é um excelente passo para o setor de ovos, e não apenas para empresas listadas em bolsa, ou que buscam alguns investimentos. O setor de ovos tem uma história fantástica para contar e temo o apoio de entidades como a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação.

Em 2013, a FAO publicou uma revisão abrangente do setor de produção pecuária e seus impactos no meio ambiente. Mostrou que: – O setor de ovos contribui com apenas 2,3% das emissões totais de gases de efeito estufa (cerca de 200 mi de toneladas de CO2 equivalente).

Se considerarmos as emissões/kg de proteína produzida, os ovos têm cerca de 1/10 das emissões da produção de carne bovina.

Marketing saída para crise do setor de ovos

E se nos concentrarmos nos aminoácidos essenciais (os pequenos blocos de construção das proteínas, fundamentais em nossa dieta), a história fica ainda melhor.

Em termos de nutrição, os ovos têm o menor impacto no meio ambiente, comparado a todos os alimentos de origem animal.

Temos também dois estudos nos EUA e do Canadá que demonstram claramente que o setor avançou muito nos últimos 50 anos, tanto em termos de produtividade, quanto em redução de seu impacto em nosso planeta.

As gerações mais jovens de consumidores se preocupam com essas questões. Uma pesquisa global realizada em 2020 com quase 19 mil consumidores (3% do Brasil) mostrou que 44% estão dispostos a mudar seus hábitos de compra de alimentos e bebidas para reduzir seu impacto no meio ambiente.

Apenas 35% dos consumidores responderam à compra de alimentos apenas com base no preço. Essa mudança geracional traz um novo conjunto de valores que realmente representa uma oportunidade fantástica para o setor de ovos. Vamos correr com isso!

Marketing saída para crise do setor de ovos

 

Anúncio APA
Ceva
Vetanco BR
Boehringer Brasil
Relacionado com Marketing & Economia

REVISTA AVINEWS BRASIL

Assine agora a melhor revista técnica sobre avicultura

EDIÇÃO aviNews Brasil - Especial SIAVS 2022

ESCUTA A REVISTA EM agriFM

agriFM - podcasts sobre avicultura nacional

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE AVÍCOLA

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Os podcasts do setor agrícola em português
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agrícolaagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor agrícola e da pecuária